Espetáculo Cara Palavra - Programação Digital

Espetáculo Cara Palavra com as atrizes Andréia Horta, Bianca Comparato, Débora Falabella e Mariana Ximenes tem sessões online

Entretenimento Programação Digital Programação OnLine Teatro
Espetáculo Cara Palavra - Programação Digital
Espetáculo Cara Palavra – Programação Digital

Programação Digital : Teatro Online

Espetáculo Cara Palavra com as atrizes Andréia Horta, Bianca Comparato, Débora Falabella e Mariana Ximenes

Espetáculo Cara Palavra com as atrizes Andréia Horta, Bianca Comparato, Débora Falabella e Mariana Ximenes tem sessões online no sábado (14.11) e domingo (15.11), às 20h. As apresentações acontecem nos Teatro Porto Seguro e com live direto do apartamento das atrizes. Com foco na poesia feminina contemporânea, a cada sessão as atrizes recebem uma escritora em participação especial. As convidadas são Viviane Mosé (dia 14/11) e Conceição Evaristo (dia 15/11). Dramaturgia e direção de Pedro Brício. Ingressos: a partir de R$20. Classificação: 16 anos. Duração: 60 minutos.

Dúvidas : contato@teatroportoseguro.com.br ou telefone (11) 3226.7300 de sexta a domingo das 14h às 20h.

Espetáculo Cara Palavra

No teatro, está somente a atriz Débora Falabella. Através de entradas virtuais, as atrizes e os músicos Chuck Hipolitho e Thiago Guerra se apresentam de dentro de seus apartamentos. Andréia do Rio de Janeiro, Mariana de São Paulo e Bianca da Califórnia. Em todas as apresentações, uma poeta contemporânea brasileira é convidada para integrar o espetáculo.

O projeto Cara Palavra nasceu antes da quarentena do desejo das atrizes de realizarem algo juntas. O músico Chuck Hipolitho sugeriu a ideia de um espetáculo envolvendo música e palavra, o que instigou as artistas. Durante a pandemia, se juntaram a Gustavo Giglio e Gianluca Misiti e produziram vídeos postados semanalmente no Instagram @cara.palavra, com uma curadoria de textos variados, que vai de poesias de autoras brasileiras, letras de música, discursos políticos, até sonetos, acompanhados por música.

Pedro Brício foi convidado para fazer a costura dramatúrgica e direção do projeto, que os artistas-criadores chamam de sarau poético performático. A ideia era montar o espetáculo para os palcos, mas, com a pandemia, foi adaptado para uma temporada no Teatro Porto Seguro, mesclando presencial, virtual e transmissão digital.