Gramado Festival de Cinema Online - Programação Digital

Festival de Cinema de Gramado 2020 : programação 20 de setembro, domingo

Cinema Programação Digital Programação OnLine

Boletim Festival de Cinema de Gramado 2020 – 19 de setembro, sábado

A exibição da mostra competitiva iniciou com o curta “4 Bilhões de Infinitos”, do cineasta mineiro Marco Antônio Pereira. O curta é o quarto de um conjunto de cinco produções que se passam em Cordisburgo, terra natal de Marco, cidade que fica no início do norte de Minas Gerais. Depois foi a vez de “Receita de Caranguejo”, de Issis Valenzuela, que retrata a relação de mãe e filha que decidem passar alguns dias na praia após a morte do pai e resolvem cozinhar caranguejos.

O primeiro longa exibido foi “Por que você não chora?”, da cineasta Cibele Amaral. A história aborda temas rodeados de tabu como saúde mental e ideação suicida. E o longa argentino “El silencio del cazador”, de Martín Desalvo, encerrou a noite com a história de um guarda florestal, um caçador e uma médica rural cujas rivalidades do passado voltam à tona, mas questões ambientais e sociais também permeiam o roteiro.

A diretora Issis Valenzuela e a atriz Preta Ferreira conversaram sobre “Receita de Caranguejo”. “Para mim, é muito importante fazer parte deste Festival”, comenta Preta. Issis e Preta, mulheres negras e potentes, enfatizam a importância de fazer parte do mercado. Segundo dados da Ancine (Agência Nacional de Cinema) em 2016 75,4% dos diretores dos longas foram homens brancos e 19,7%, mulheres brancas. Os homens negros, por outro lado, dirigiram 2,1%, e as mulheres negras não assinaram a direção de nenhum dos 142 filmes. “É importante a gente ter pessoas negras em todos os lugares. Esses curtas e longas estão chegando, que esse movimento não tenha mais volta”, comenta Issis. Preta Ferreira, que é integrante do MSTC (Movimento Sem Teto do Centro) ficou 108 dias presa. “Me consideraram um perigo para sociedade (dos senhores feudais). A gente sabe como funciona”, comenta.

O debate de “Por que você não chora?” contou com a presença da diretora Cibele Amaral, das atrizes Elisa Lucinda e Carolina Monte Rosa, e do produtor Patrick de Jongh. Cibele, que também é psicóloga, contou sobre o processo de pesquisa para a construção da história e do estigma que gira em torno das questões relacionadas à saúde mental. Parte das cenas foram gravadas em uma clínica em atividade.

Já o diretor Martín Desalvo, e os atores Alberto Ammann, Pablo Echarri e Mora Recalde responderam às perguntas de “El Silencio del cazador”, que tem como pano de fundo questões relacionadas ao meio ambiente e aos povos originários. “Infelizmente, o público costuma não aceitar bem filmes que abordam esses temas de forma mais direta, mas procuramos provocar a reflexão, mesmo com uma abordagem subliminar, comenta Desalvo”

Programação 20 de setembro – domingo

MOSTRA GAÚCHA DE CURTAS-METRAGENS
:: Permanecem disponíveis por streaming até terça, 22 de setembro.

Programa 1
:: Dois Homens ao Mar (Porto Alegre), de Gabriel Motta / 16’47”
:: O que Pode um Corpo? (Porto Alegre), de Victor Di Marco e Márcio Picoli / 14’44”
:: O luto impossível (Porto Alegre), de Bruno Carboni / 04’10”
:: Pra Ficar Perto (Sapucaia do Sul), de Lucas dos Reis / 06’24”
:: O Céu da Pandemia (Porto Alegre), de Marina Kerber / 05’15”
:: Quando te Avisto (Santa Maria), de Denise Copetti e Neli Mombelli / 24’46”

Programa 2
:: Teste de Elenco (Porto Alegre), de Marcos Kligman e Mariany Espindola / 19’59”
:: Letícia Monte Bonito 04 (Pelotas), de Julia Regis / 20′
:: Construção (Pelotas), de Leonardo da Rosa / 16′
:: Ver a vista (Sapucaia do Sul), de Daniel de Bem / 03′
:: Deserto Estrangeiro (Porto Alegre), de Davi Pretto / 23′

Programa 3
:: Fragmentos ao Vento 1945 (Porto Alegre), de Ulisses Da Motta / 18’03”
:: Sopa Noir (São Leopoldo), de Beatrice Petry Fontana / 10’37”
:: Corpo Mudo (Santa Cruz do Sul), de Marcela Schild / 13’02”
:: Magnética (Porto Alegre), de Marco Arruda / 16’20”

Programa 4
:: Bochincho – O Filme (Porto Alegre), de Guilherme Suman / 17’37”
:: Um Pedal (Canoas), de Alexandre Derlam / 23’08”
:: Desencanto (Porto Alegre), de Richard Tavares / 12′
:: Lacrimosa (Porto Alegre), de Matheus Heinz / 11’04”

Divididos em 4 programas, de acordo com as classificações indicativas dos filmes. Os 19 curtas serão disponibilizados no Canal Brasil Play.

MOSTRA COMPETITIVA DE LONGAS-METRAGENS GAÚCHOS
:: LMG Contos do Amanhã (Porto Alegre), de Pedro de Lima Marques / 85′
:: LMG Deborah! O ato de casa (Santa Maria), de Luiz Alberto Cassol / 94’53”
:: LMG Portuñol (Porto Alegre), de Thais Fernandes / 70′
:: LMG Ten-love (Porto Alegre), de Bruno de Oliveira / 84′
:: LMG Trapaça (Porto Alegre), de Luke Schatzmann / 137’46”
Os cinco filmes participantes da mostra serão disponibilizados no Canal Brasil Play, o serviço de streaming.

20H – MOSTRA COMPETITIVA
:: CMB Atordoado, eu permaneço atento (RJ), de Henrique Amud e Lucas H. Rossi dos Santos / 15′
:: CMB Blackout (RJ), de Rossandra Leone / 18’51”
:: LMB Um animal amarelo (RJ), de Felipe Bragança / 115′
:: LME Dias de invierno (México), de Jaiziel Hernández / 90′

LMB e LME | Longas-Metragens Brasileiros e Estrangeiros
Única exibição em televisão pelo Canal Brasil, a partir das 20h.

CMB | Curtas-Metragens Brasileiros
Única exibição em televisão pelo Canal Brasil, de acordo com a programação; Disponível 24h no Canal Brasil Play, o serviço de streaming.