Novidades

Shows de Gabriel Selvage & Luiz Marenco, Marcello Caminha, Lucio Yanel e curso de parrilla criolla são os eventos de abril no Rancho Tabacaray

Piquete Refugio El Topador no Rancho Tabacaray em Porto Alegre
Piquete Refugio El Topador no Rancho Tabacaray em Porto Alegre
Piquete Refugio El Topador no Rancho Tabacaray em Porto Alegre

Programação Digital

Shows de Gabriel Selvage & Luiz Marenco, Marcello Caminha, Lucio Yanel e curso de parrilla criolla são os eventos de abril no Rancho Tabacaray

O Rancho Tabacaray ( Av. Vicente Monteggia, 2770 – bairro Vila Nova ), em Porto Alegre / RS, divulga sua programação de abril/23, que oferece três shows e curso. As performances musicais, uma homenagem ao violão gaúcho, contam com a participação de Gabriel Selvage & Luiz Marenco, Marcelo Caminha e Lucio Yanel. Na programação formativa, a casa abre as portas para o curso de Parrilla Criolla, ministrado por Antonio Costaguta

Na quinta-feira, 13 de abril, o público poderá conferir o encontro de Gabriel Selvage e Luiz Marenco, às 20h. Com dois discos e um DVD já lançados, Luiz Marenco e Gabriel Selvage preparam-se para gravar um novo trabalho ainda em 2023. O espetáculo do duo traz a música gaúcha na sua forma mais autêntica e apresenta como fio condutor a ancestralidade do pensar filosófico do pajador que sentava com sua guitarra e cantava canções cheias de profundidade e reflexões sobre o dia a dia da sociedade. Com admiração e intimidade mútua, os artistas comunicam-se através da música no palco de maneira muito genuína e espontânea, trazendo ao público a sensação de estarem sentados ao redor do fogo em uma roda de amigos. Com quase 30 anos de carreira, uma discografia de 25 obras, 23 CDs e 2 DVDs, Luiz Marenco é hoje um dos espetáculos nativistas mais requisitados do sul do Brasil, tendo a consciência de que seu canto está ligado a terra, valores, hábitos e costumes de seu povo. Gabriel Selvage completa 20 anos de música profissional e traz o seu show comemorativo que narra um pouco dessa caminhada desde o início até os dias atuais.

No dia 20, é a vez de Marcello Caminha. Marcello morou até os sete anos na Estância da Queimadinha, no 2º distrito de Lavras do Sul. Depois foi estudar em Bagé, onde estudou violão com o professor Edemar Teixeira. Iniciou na carreira de festivais em 1985 e lançou seu primeiro disco solo em 1998, “Estrada do Sonho”. É o autor de um arranjo do Hino Rio-Grandense que, em sua versão original, tem a letra de Francisco Pinto da Fontoura, música de Joaquim José Mendanha e harmonização de Antônio Corte Real. 

Já no dia 27, Lucio Yanel encerra em grande estilo a programação.  Radicado no Brasil há muitos anos, Lúcio Yanel é considerado um dos alicerces do violão solista na música regional sulina e o violonista com maior produção na história do violão gaúcho. O músico veio para o Rio Grande do Sul em 1981, onde passou a atuar nos festivais de música regional. Sua maneira de tocar influenciou muitos músicos das gerações posteriores, como os violonistas Yamandú Costa, Marcello Caminha, Maurício Marques (Quarteto Maogani) e Ricardo Martins. Mesmo sendo um músico autodidata, Yanel é um dos fundadores do que se pode considerar uma “escola do violão gaúcho” da qual Yamandú Costa é um dos nomes mais representativos.

Com seu trabalho ao violão, ampliou-se a difusão de alguns gêneros latino-americanos como a chacarera, o chamamé, o rasguido doble e a zamba, no sul do país.

Os ingressos para os shows custam entre R$ 60,00 R$ 100,00 e a inscrição do curso R$ 423,00 (comida inclusa e bebidas à parte ).